Artigos

 

  • 2021

BARBOSA, R. P. Pressupostos da Base Nacional Comum Curricular à luz da Teoria Crítica da sociedade.Revista Espaço Acadêmico, v. 21, n. 229, p. 54-62, 2021.

SILVEIRA, E. S.; SILVA, M. R. ; OLIVEIRA, F. L. B.  Reformas, docência e violência curricular: uma análise a partir do “Novo Ensino Médio”.REVISTA IBERO-AMERICANA DE ESTUDOS EM EDUCAÇÃO, v. 16, p. 1562-1585, 2021.

AIRES, E. P.; FONSECA, L. S.; MILLIORIN, S. A. Conselho de Representantes de Turmas: o protagonismo estudantil no processo de gestão democrática do IFPR – Campus Campo Largo. In: Willian Douglas Guilherme; Diogo Luiz Lima Augusto; Roger Goulart Mello. (Org.). Educação em foco: história, política e cultura da educação no Brasil. 1ed.Rio de Janeiro: e-Publicar, 2021, v. 1, p. 69-82.

CRUZ, L. R. A JUVENTUDE NAS VERSÕES DA BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR: UMA ANÁLISE CRÍTICA. 2021. Anais do I Seminário Nacional da Rede EM Pesquisa, V. 1. UNICAMP. São Paulo, 2021.

EVANGELISTA, A. P. A Política de Educação em Tempo Integral no Ensino Médio do estado do Acre e a atuação de institutos ligados ao setor empresarial. Revista Trabalho Necessário, Niterói – RJ, p. 320 – 324, 27 maio 2021.

FARIA,C. G. M. O papel desempenhado pelo Movimento Pela Base Nacional Comum (MPBNC) junto à comunidade política de governança: compreendendo os processos de privatização da política educacional brasileira. Anais do I Seminário Nacional da Rede EM Pesquisa,V. 1. UNICAMP. São Paulo, 2021.

KÖRBES,C.; SILVA, M. R. Nova Gestão Pública e Gestão Democrática da Escola: as experiências da primeira fase de implementação do Programa Ensino Médio Inovador. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v. 37, p. 466-485, 2021.

JAKIMIU,V.C. L.;JAKIMIU, C. C. L. Disputas em torno do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE): Uma análise dos PL 4.195/2012 e 3.292/2020. In: Seminário Gepráxis. VIII Seminário Nacional e IV Seminário Internacional Políticas Públicas, Gestão e Práxis Educacional: Educação como direito em tempos de (neo)conservadorismo: Da subalternidade à emancipação, 2021, Bahia. Seminário Gepráxis. VIII Seminário Nacional e IV Seminário Internacional Políticas Públicas, Gestão e Práxis Educacional: Educação como direito em tempos de (neo)conservadorismo: Da subalternidade à emancipação, 2021.

JAKIMIU,V. C. L. Extinção da SECADI: A negação do direito à educação (para e com a diversidade).

JAKIMIU, V. C. L.Ensino de matemática para crianças:Uma discussão pedagógica.REVASF- REVISTA DE EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO, v. 11, p. 755-782, 2021.

MILLIORIN,S.A.; SILVA, M. R. Mundo do trabalho, políticas educacionais e o direito à educação: o Ensino Médio Integrado nos Institutos Federais. RETRATOS DA ESCOLA, v. 14, p. 656-668, 2021.

OLIVEIRA, A. M. A Lei 13.415/17 e O Programa Novo Ensino Médio nas Escolas Piloto do Acre: analisando o processo de recontextualização. Anais do I Seminário Nacional EMPesquisa. A Reforma Neoliberal do Ensino Médio: tempos difíceis para a escola pública. 2021.

  • 2020

SILVA, M. R. Ampliação da obrigatoriedade escolar no Brasil: o que aconteceu com o Ensino Médio?. Ensaio. Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v. 28, p. 1-20, 2020.

BARBOSA, R. P. PEREIRA, M. F. A FORMAÇÃO HUMANA EM TEMPOS DE ESCOLA SEM PARTIDO E SEUS REFLEXOS NAS POLÍTICAS EDUCACIONAIS: AS CONCEPÇÕES DA MÍDIA VEICULADAS PELO JORNAL FOLHA DE S. PAULO. MUIRAQUITÃ – REVISTA DE LETRAS E HUMANIDADES (ELETRÔNICO), ISSN: 2525-5924, v. 8, p. 189-199, 2020.

BUENO, A.  Desigualdades raciais nas políticas para a educação básica brasileira: entre a Lei nº 10.639/2003, o PNE e a BNCC. In: Jornada Ibero-Americana de Pesquisas em Políticas Educacionais e Experiências Interdisciplinares na Educação, p.826-838, 2020.

CRUZ, L. R; NEGRÃO, A. R. M; ABREU, M. C. P. Concepções e perspectivas à Educação Física na base nacional comum curricular do ensino médio no Brasil. MOTRIVIVÊNCIA (UFSC), v. 32, p. 01-17, 2020.

EVANGELISTA, A. P.; GONÇALVES, R.M. Gênero e diversidade sexual na Base Nacional Comum Curricular: descritores ausentes que tornam abjetos os corpos transgressores da norma. Revista Exitus, v. 10, p. 01-26, 2020.

JAKIMIU, V. C. L. O Estatuto da Criança e do Adolescente e a não declaração do direito à educação previsto pela Emenda Constitucional 59/2009. In: V Jornada Ibero-Americana de Pesquisas em Políticas Educacionais e Experiências Interdisciplinares na Educação, 2020, Curitiba – PR. V Jornada Ibero-Americana de Pesquisas em Políticas Educacionais e Experiências Interdisciplinares na Educação, 2020.

JAKIMIU,V. C. L. A educação básica no contexto da pandemia (COVID-19) no Brasil: Implicações da implementação do ensino remoto emergencial. In: V Jornada Ibero-Americana de Pesquisas em Políticas Educacionais e Experiências Interdisciplinares na Educação, 2020, Curitiba – PR. V Jornada Ibero-Americana de Pesquisas em Políticas Educacionais e Experiências Interdisciplinares na Educação, 2020.

JAKIMIU, V. C. L. A incorporação da Emenda Constitucional 59/2009 na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional 9.394/1996 por meio da lei 12.796/2013: Implicações para a declaração do direito à educação no contexto da educação infantil. In: IV Congresso Nacional em Educação e Práticas Interdisciplinares, 2020, Paraíba (evento on-line). IV Congresso Nacional em Educação e Práticas Interdisciplinares, 2020.

JAKIMIU, V. C. L. O direito à educação no contexto de pandemia (covid-19) no Brasil: Projetos de formação em disputa. In: Colóquio Internacional de Políticas e Práticas Curriculares. IV Seminário Nacional do Grupo de Pesquisa Currículo e Práticas Educativas. II Simpósio da Região Nordeste sobre Currículo, 2020, Evento on-line. Colóquio Internacional de Políticas e Práticas Curriculares. IV Seminário Nacional do Grupo de Pesquisa Currículo e Práticas Educativas. II Simpósio da Região Nordeste sobre Currículo, 2020.

JAKIMIU, VANESSA CAMPOS DE LARA. O direito à educação no contexto da pandemia de coronavírus (covid-19) no Brasil: Projetos de formação em disputa.REVISTA INTERINSTITUCIONAL ARTES DE EDUCAR, v. 6, p. 93-117, 2020.

OLIVEIRA, Falconiere Leone Bezerra; SILVEIRA, Éder da Silva . Violência Curricular e Primavera Secundarista: análise dos Movimentos de Ocupação das escolas de Ensino Médio no Brasil. South American Journal of Basic Education, Technical and Technological, v. 7, p. 303-323, 2020.

SILVA, M. R; MARTINEZ, J. Z; FERNANDES, A. C; BEATO-CANATO, A. P. M. FAZ SENTIDO UMA BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR?. REVISTA X, v. 15, p. 09, 2020.

  • 2019

BARBOSA, R. P; BUENO, S. F. NOTAS SOBRE O CAMPO DE ESTUDOS DO CURRÍCULO: CONTROVÉRSIAS CRÍTICAS E PÓS-CRÍTICAS. JORNAL DE POLÍTICAS EDUCACIONAIS, v. 13, p. 1-17, 2019.

BARBOSA, R. P. ENSAIO SOBRE A DIALÉTICA DO ESCLARECIMENTO: REFLEXÕES E PROVOCAÇÕES EDUCATIVAS. CONJECTURA:FILOSOFIA E EDUCAÇÃO (UCS), v. 24, p. 1-17, 2019.

BARBOSA, R. P; SILVA, M. R. ‘Escola sem Partido’: Uma análise a partir da Teoria Crítica da Sociedade. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, v. 10, p. 204-225, 2019.

BUENO, A. Competências e empregabilidade: sentidos da formação nas políticas curriculares para o Ensino Médio. Sociologias Plurais, v. 5, p. 36-55, dez. 2019.

CRUZ,L.R;SILVA,M.R. A EDUCAÇÃO FÍSICA FRENTE ÀS AMEAÇAS DA MEDIDA PROVISÓRIA 746/16: MOVIMENTAÇÕES E REPERCUSSÕES. Revista Nova Paideia, v. 1, p. 30-50, 2019.

SILVA, M. R. Impertinências entre trabalho, formação docente e o referencial de competências. RETRATOS DA ESCOLA, v. 13, p. 123-135, 2019.

FARIA, C. G. M. A rede do Movimento Pela Base Nacional Comum (MPBNC) na ampliação do modelo de governança: caracterizando a produção da política educacional brasileira entre os anos de 2016 e 2018. Anais do II Seminário Redefinições da Fronteira entre o Público e o Privado: implicações para a democratização da educação. UFGRS, 1° ed. p. 376-380, 2019.

FARIA, C.G.M. A privatização acobertada: o papel do Movimento Pela Base Nacional Comum (MPBNC) na ampliação do modelo de governança na política educacional brasileira. Série Anais do XXIX Simpósio Brasileiro de Política e Administração da Educação – Política e Gestão da Educação Básica, v.1. p. 164-168. OLIVEIRA, J. F; LIMA, D. C. B. P. (organizadores) – livro eletrônico. Brasília, 2019.

FERRETTI,C.J; SILVA, M. R. Dos embates por hegemonia e resistência no contexto da reforma do Ensino Médio. TRABALHO NECESSÁRIO, v. 17, p. 114-131, 2019.

OLIVEIRA, A.M. de; NEGÃO, A. R. M.; FARIA, C.G.M.de.  BORINELLI, G. A Plataforma do Guia de Regime de Colaboração enquanto técnica de produção da privatização endógena da educação básica brasileira.V Jornada Ibero-americana de pesquisas em políticas educacionais e experiências interdisciplinares na Educação. Anais online, v. 5.Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2020.

SANDRI, S; SILVA, M. R. O PROGRAMA JOVEM DE FUTURO DO INSTITUTO UNIBANCO PARA O ENSINO MÉDIO: DECORRÊNCIAS DO IMBRICAMENTO ENTRE PÚBLICO E PRIVADO. CONTRAPONTOS (ONLINE), v. 19, p. 28, 2019

  • 2018

SILVA, M. R.; JORGE, C. M.O reencontro dos sujeitos adultos com a escola: significados e tensões no âmbito do PROEJA. Educação & Sociedade (Impresso), v. 39, p. 55-71, 2018.

SILVA, Monica Ribeiro da. A BNCC DA REFORMA DO ENSINO MÉDIO: O RESGATE DE UM EMPOEIRADO DISCURSO. EDUCAÇÃO EM REVISTA (ONLINE), v. 34, p. 1-15, 2018.

  • 2017

SILVA, M. R.; FERRETTI, C. J. REFORMA DO ENSINO MÉDIO NO CONTEXTO DA MEDIDA PROVISÓRIA N o 746/2016: ESTADO, CURRÍCULO E DISPUTAS POR HEGEMONIA. Educação & Sociedade (Impresso), v. 38, p. 385-404, 2017.

FERREIRA, ELIZA BARTOLOZZI ; SILVA, Monica Ribeiro da . CENTRALIDADE DO ENSINO MÉDIO NO CONTEXTO DA NOVA -ORDEM E PROGRESSO-. Educação & Sociedade (Impresso), v. 38, p. 287-292, 2017.

SILVA, M.R.;SCHEIBE, L. Reforma do ensino médio: Pragmatismo e lógica mercantil. RETRATOS DA ESCOLA, v. 11, p. 19-35, 2017.

SILVEIRA, D. A. ; SILVA, M.R..O DIREITO À EDUCAÇÃO E A AMPLIAÇÃO DO ACESSO AO ENSINO MÉDIO: UMA ANÁLISE DAS PROPOSIÇÕES DO LEGISLATIVO FEDERAL (1996-2016). POIÉSIS – Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação (Unisul), v. 11, p. 76, 2017.

  • 2016

DEBORA APARECIDA DA SILVEIRA. O Ensino Médio em pauta nas proposições do poder Legislativo Federal: uma análise sobre financiamento e acesso. 2016.

MONICA RIBEIRO DA SILVA. O Programa Ensino Médio Inovador como política de indução a mudanças curriculares: da proposta enunciada a experiências relatadas. 2016.

MONICA RIBEIRO DA SILVA. Políticas educacionais para o Ensino Médio e sua gestão no Brasil contemporâneo. 2016.

SIMONE SANDRI. A formação dos jovens no contexto do Ensino Médio brasileiro: proposições do Programa Ensino Médio Inovador versus proposições do Projeto Jovem de Futuro. 2016.

VIVIAN ISLEB. O contexto histórico e o processo de criação do Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI). 2016.

VIVIAN ISLEB. Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI): possibilidades anunciadas para o enfrentamento da reprovação e abandono escolar. 2016.

MÁRCIO LUIZ BERNARDIM  E MONICA RIBEIRO SILVA. Juventude, Escola e Trabalho: sentidos da Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio. 2016.

  • 2015

MONICA RIBEIRO DA SILVA. Sociologia do Ensino Médio: crítica ao economicismo na política educacional. 2015.

MONICA RIBEIRO DA SILVA. Direito a educação, universalização e qualidade: cenários da Educação Básica e da particularidade do Ensino Médio. 2015.

SERGIO RICARDO FERREIRA. Financiamento da educação como indutor de política curricular: análise a partir da implantação do PROEMI no Paraná. 2015.

MÔNICA RIBEIRO SILVA,DANTE HENRIQUE MOURA E DOMINGOS LEITE LIMA FILHO. Politecnia e formação integrada: confrontos conceituais, projetos políticos e contradições históricas da educação brasileira. 2015.

MÔNICA RIBEIRO SILVA. Currículo, ensino médio e BNCC Um cenário de disputas. 2015.

LUCAS BARBOSA PELISSARI. Uma proposta metodológica para a análise das políticas de educação profissional: a análise de conjuntura e as disputas pelo bloco no poder do estado. 2015.

LUCAS BARBOSA PELISSARI. As Políticas de Educação Profissional na América Latina e a Conjuntura Política da Região: Uma Análise a partir de Brasil e Venezuela nos Anos 2000. 2015.

  • 2014

MÁRCIO LUIZ BERNARDIM. Quem são e o que buscam na escola os estudantes do ensino médio noturno. 2014.

CÉULI MARIANO JORGE; JESSIKA MATOS PAES BARROS. Formação e escolarização de trabalhadores brasileiros sob os invariantes do espaço social: uma análise da implementação do PROEJA no Brasil. 2014.

CÉULI MARIANO JORGE. Sentidos da Educação atribuídos por egressos do PROEJA no Paraná. 2014.

CLECI KORBES E NOELA INVERNIZZI. Nanotecnologia em mídias: utopias e distopias. 2014

MÁRCIO LUIZ BERNARDIM, MONICA RIBEIRO DA SILVA. Políticas Curriculares para o Ensino Médio e para a Educação Profissional: propostas, controvérsias e disputas em face das proposições do Documento Referência da Conae 2014. 2014.

MONICA RIBEIRO DA SILVA E ELOISE MÉDICE COLONTONIO. As Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio e as proposições sobre trabalho, ciência, tecnologia e cultura: reflexões necessárias. 2014.

ROSANGELA GONÇALVES DE OLIVEIRA. Em cena, a escola pelas lentes dos estudantes: caminhos para a pesquisa. 2014.

VANESSA CAMPOS DE LARA JAKIMIU.O Programa Ensino Médio Inovador enquanto programa de indução ao redesenho curricular: pontos e contrapontos. 2014.

  • 2013

MÁRCIO LUIZ BERNARDIM.Educação e trabalho na perspectiva de egressos do ensino médio e estudantes universitários. 2013.

MÁRCIO LUIZ BERNARDIM. Escola e trabalho: universitários e estudantes da EJA em foco. 2013

SIMONE SANDRI E VIVIAN ISLEB. Atuação da União no desenvolvimento do Ensino Médio brasileiro: considerações sobre o Programa Ensino Médio Inovador. 2013.

VANESSA RAIANNA GELBCKEA “Preciosa” educação como caminho para a emancipação. 2013.

CÉULI MARIANO JORGE; JESSIKA MATOS PAES BARROS.Política de formação profissional e escolarização no PROEJA: análise da experiência realizada em dois estados brasileiros. 2013.

  • 2012

CÉULI MARIANO JORGE, MÁRCIO LUIZ BERNARDIM.A implantação do PROEJA no Paraná: análise a partir da percepção de alunos e professores. 2012

MONICA RIBEIRO DA SILVA. Currículo e cultura escolar: Perspectivas para o estudo das políticas curriculares. 2012.

MONICA RIBEIRO DA SILVA, LUCAS BARBOSA PELISSARI, ALLAN ANDREI STEIMBACH. Juventude, escola e trabalho: permanência e abandono na educação profissional técnica de nível médio. 2012.

LUCAS BARBOSA PELISSARI.O fetiche da tecnologia e a Educação Profissional Técnica De Nível Médio: tentativa de explicação do abandono escolar. 2012.

  • 2011

LUCIANE HILU;ROSANGELA GONÇALVES DE OLIVEIRA E RENATA RODERO.Possibilidades do uso pedagógico das redes sociais: estudo de caso. 2011.

MONICA RIBEIRO DA SILVA. Jovens, Ensino Médio e Politecnia: possibilidades diante das novas Diretrizes Curriculares Nacionais. 2011.

MONICA RIBEIRO DA SILVA.A política de integração curricular no âmbito do PROEJA – entre discursos, sujeitos e práticas. 2011.

MONICA RIBEIRO DA SILVA E ELOISE MÉDICE COLONTONIO.Potencial analítico e emancipatório da Teoria Crítica da Sociedade no campo da Educação: políticas curriculares e seleção do conhecimento.  2011.

ROSANGELA GONÇALVES DE OLIVEIRA. A especificidade da EJA, conceito, percepção e presença, na perspectiva dos professores do PROEJA: um estudo de caso.

ROSANGELA GONÇALVES DE OLIVEIRA. Possibilidades do uso pedagógico das redes sociais: estudo de caso. 2011.

  • 2010

MONICA RIBEIRO DA SILVA.Currículo e competências: a reforma do Ensino Médio e as apropriações pelas escolas. 2010.

MÁRCIO LUIZ BERNARDIM.Estágio: da interface entre a escola e o mercado à configuração de uma relação de trabalho de novo tipo. 2010.

2 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *